-10 kg em 6 meses e mais saúde!

-10 kg em 6 meses e mais saúde!
Avalie o nosso post!

O percentual de gordura alto no corpo de Aline e a alimentação errada fizeram seu triglicérides aumentar. Isso foi decisivo para buscar uma vida mais saudável e, de quebra, ter um corpo mais bonito

 

Aline Zocatelli, 26 anos, Professora de Ensino Fundamental I, de Santo André (SP)

 

Altura: 1,58 m de altura

Intagram: @alinezocatelli

Peso anterior: 58 kg

Peso atual: 48,4 kg

 

 

“Em abril de de 2015 fui ao cardiologista e descobri que estava com triglicérides alto. O médico disse que eu precisava urgentemente começar a fazer exercícios físicos.

Não me achava tão gordinha, achava que eu apenas que tinha barriga. Então, em junho, fiz uma avaliação com a nutricionista @renataalves e descobri que meu percentual de gordura estava em 31%. Eu era uma falsa magra e aquilo me assustou e me fez começar a mudança.

Eu comia muita massa, fast-food, pão, frituras refrigerantes e doces. Sempre optava pelo lanche. Muitas vezes comia depois das 23h, quando meu marido chegava da faculdade.

Fui engordando aos poucos e nem me dei conta. Comia cada vez mais e só me sentia gordinha quando ia à praia, quando usava biquíni.

Não praticava nenhum exercício na época, era totalmente sedentária. Havia tentado a dieta Dukan e não me adaptei.

 

Hora de mudar

Depois da avaliação física, me matriculei em uma academia e mudei radicalmente minha rotina. Comecei a comer de 3 em 3 horas e passei a levar marmitas e não comia nada em lugar nenhum. Incluí frutas, legumes e verduras no meu dia e comecei a beber muita água.

Exclui totalmente frituras, refrigerantes, suco de caixinha e qualquer tipo de massa do meu cardápio. Passei a fazer exercícios físicos todos os dias. Ia à academia até mesmo aos sábados e domingos, pelo menos 1 hora de treino.

Meu treino era misto: um dia de aeróbico, outro dia de musculação. Nos seis primeiros meses, meu cardio era a corrida e aescada e fazia aulas de jump, step e gap também.

Assim, emagreci 10 kg em 6 meses e consegui derrubar os níveis de triglicérides. E percentual de gordura que era de 31,8% foi para 15,5%.

 

Novo shape

Passei a treinar musculação quatro dias por semana. Hoje continuo com a dieta, mas me permito provar um alimento ou outro em uma festa.

Faço 6 refeições por dia. No café da manhã como uma fruta com chia e um iogurte. No lanche da manhã, outra fruta ou torrada com pasta de amendoim.

No almoço, geralmente, uma carne grelhada com ovo, salada e legumes. E, às vezes, batata doce cozida. No lanche da tarde, como uma fruta. E no jantar, um grelhado com salada. Na minha ceia tomo um chá verde ou uma água de coco. Faço questão de incluir a berinjela e o brócolis nas refeições.

Hoje, quando vejo minhas fotos antigas de biuíni, me sinto mal. Eu estava acomodada, deixando minha saúde de lado e, consequentemente, minha autoestima cada vez mais baixa.

Não foi fácil, mas ter foco nos fortalece e ver os resultados aparecendo nos anima a querer cada vez mais.

No caminho encontrei muita gente invejosa que me falava para parar a dieta e que eu estava feia magra. Mas minha mente estava totalmente focada no meu objetivo.

 

ALINEZOCATELLI VESTIDODICAS DE QUEM CONSEGUIU

• Olhe os rótulos. Nem tudo é saudável! Procure opções mais naturais e com baixa caloria.

• Quando a vontade de chocolate aparecer, coma apenas um pedacinho do meio amargo 70% cacau.

 

 

Fotos: Arquivos pessoal

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *