Emagreci 16 kg e virei chef funcional

 

Gordinha desde a infância, Nani descobriu que é possível comer gostoso e saudável, e ainda ser feliz!

antes_e_depois_Nani_Rangel

Nome: Nani Rangel

Altura: 1,63 m

Peso anterior: 71 kg

Peso atual: 56 kg

Instagram: @nanirangel

 

“Eu era muito gordinha quando criança. Mas foi aos 8 anos que me dei conta que estava acima do peso, pois sofri bullying na escola. Um menino batia em minha barriga e falava que eu não sentia nada por causa da gordura. Jamais esqueci esse episódio.

 

Minha família também me dava apelidos constrangedores, talvez sem imaginar o quanto eu sofria ao ser chamada de “Bolota”. Sentia muito e descontava tudo na comida. E assim levei a adolescência inteira.

 

Sem controle na balança

Aos 16 anos, cheguei a pesar 72 kg. Comia sem medida e de tudo todos os dias. Descontava meus sentimentos na comida sempre.

Cheguei a fazer uma dieta e também tomei medicamento. Tive resultado, mas também dores de cabeça com frequência e voltei a engordar rapidamente, uma vez que meu psicológico não estava bom.

 

Dura realidade

Quando saía para fazer compras, as vendedoras sempre me ofereciam as peças no tamanho G. Na praia, sempre usava camisão, enquanto as amigas estavam de biquíni.

Meu namorado na época tinha corpo atlético e sentia que ele se envergonhava de mim. E, ao contrário dele, eu não fazia nenhum tipo de exercício. Era sedentária mesmo.

 

Um choque para o bem

Aos 34 anos, descobri um tumor na hipófise. Nessa época, já estava cuidando mais de mim, mas aquilo mudou minha vida. Resolvi que iria me amar mais e transformar as comidinhas não saudáveis em saudáveis.

Queria cozinhar gostoso e decidi estudar gastronomia. Depois, no meio do caminho, resolvi me especializar na cozinha funcional. Queria desconstruir a gastronomia convencional e fazer comidas deliciosas, mas que tivessem funcionalidade e fossem saudáveis.

Com a nova alimentação e treino, emagreci 15 quilos em um ano. Além disso, consegui reduzir o tamanho do tumor, que é benigno. Realmente, acredito na cura pelos alimentos.

Hoje tenho uma dieta super regrada, cheia de alimentos benéficos para o meu organismo. E tudo o que como hoje é pensado para minha saúde e bem-estar. Tudo é funcional!

Um dos alimentos que faço questão de colocar na minha dieta é a castanha do Brasil, que auxilia no controle do LDL (colesterol ruim) e, por ser rica em antioxidante, considero a minha fonte da juventude. Outro alimento que não abro mão é a chia por dar saciedade e me ajudar no momento de fome devido à ansiedade.

Também faço musculação, que foi fundamental para eu chegar nesse resultado, além de corrida e escada. Treino cinco dias por semana durante 2 horas.

Hoje me sinto muito bem, estou com a cabeça ótima e feliz demais! Vejo a mim mesma com outros olhos e me amo muito!

Não procuro a perfeição, mas busco aproveitar os momentos de felicidade. Quando decidi sorrir mais, minha vida mudou!”

 

Nani_Rangel

DICAS DE QUEM CONSEGUIU:

  • Quando der vontade de enfiar o pé na jaca, olhe-se no espelho e comece a experimentar roupas. Vista-se como se fosse sair. “Outra coisa que funciona muito para mim é ir ao salão de beleza.” Essas atitudes desviam sua ideia de comer tudo.
  • Tome água com chia para evitar a vontade de comer doce. “E jamais deixo de tomar água com limão e gengibre no meu desjejum.”
  • Carregue um mix de castanhas e uma fruta consigo. Assim, mesmo na correria, você consome alimentos saudáveis. “Eu ando com pequenas marmitas na bolsa, biscoitos de chia e brownies sem farinha.”

 

Fotos: Glauber Almeida e arquivo pessoal

Gostou? Pode compartilhar!Share on FacebookTweet about this on Twitter

One thought on “Emagreci 16 kg e virei chef funcional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *